banner_quemsomos_crop22.jpg

PUBLICAÇÕES

 

Tributação de lucros e dividendos: como ficam as startups?

Os dividendos representam a distribuição de lucros da empresa para seus sócios/acionistas. A grande vantagem de se receber lucros ou dividendos é que, atualmente, não há tributação de Imposto de Renda sobre eles.


No entanto, a última proposta da Reforma Tributária encaminhada ao Congresso Nacional tem discutido a possibilidade da tributação de lucros e dividendos sob uma alíquota de 20%. Tal proposta traz diversos questionamentos para várias empresas e seus sócios, mas e quanto às startups?


Nessas empresa os lucros e dividendos normalmente são distribuídos para os sócios e os investidores/acionistas.


O que acaba acontecendo na realidade é que os lucros das startups acabam não sendo distribuídos para os sócios/investidores/acionistas, mas acabam sendo reinvestidos na empresa a fim de aumentar seu valuation.


Afinal, quem investe em startup está mais interessado na valorização do seu investimento, quando houver um evento de liquidez, do que no recebimento de dividendos.


Assim, podemos concluir que a tributação dos lucros ou dividendos dos sócios/investidores/acionistas não teria um grande impacto para as startups.


No entanto, o assunto muda quando tratamos da tributação dos lucros e dividendos recebidos pelos funcionários/prestadores de serviço.